Charutos, uma paixão

Gomes   5 de setembro de 2016   Nenhum comentário em Charutos, uma paixão

Fonseca_Delicias_cigar_orig_0 Vou contar um segredo que só algumas pessoas de minha família sabem e minha amada Maria Lúcia sabia muito mais.   Eu era fumante, um maço por dia, nem vou falar marcas para não incitar 🙂 e no dia 3 de agosto de 2000 isso mudou, parei de fumar.  Vou contar.  Estava eu deitado em meu quarto, não estava dormindo e tive uma visão, alguns dizem que eu dormi e sonhei, bom não importa como isso se deu mas eu digo que eu estava acordado.  Olhei para a porta e vi duas pessoas dentro do quarto com a porta fechada, estavam de ternos preto e gravatas cinza.  Um era bonachão e outro era sisudo.  O que era mais risonho, digamos assim, me falou mostrando o maço de cigarros (um modelo charmoso, digamos assim), você fuma a duas décadas e é hora de parar agora.  E o sisudo completou, sim porque de ora em diante te fará mal, muito mal. E o sorridente continua, mas vc poderá se quiser, fumar cachimbo ou charutos, porque, segundo a expressão dele, a fumaça não é “engolida”, não vai ao seu pulmão.  Eu, já estarrecido, fixei os olhos ainda mais neles, primeiro pelo medo dos dois tanto que nem pude gritar e chamar alguém, e depois pela perspectiva de ter doença no pulmão ou coisa que o valha.  Enfim, fiquei olhando para eles e um deles continuou, se aprecia o sabor do fumo, use cachimbo por exemplo, seria estranho ver vc com cachimbo na boca pq vc é pequeno, mas isso aí, cigarro de papel, deixe imediatamente. E apontou para o maço de cigarros, eu olhei para o maço, tinha aberto a uma ou duas horas antes e estava praticamente cheio.  E voltei os olhos para a porta e não os vi mais.  Teria mais algumas experiências com eles mas não vem ao caso, agora.  Bom tem gente que diz que vi visagem, outros dizem que eram anjos, outros disseram eram espíritos benfeitores.  Não importa também.  O que realmente importa foi que o medo de ficar doente e a visão deles, me impediu continuar fumando cigarros.   Fiquei muito tempo sem fumar cigarros e sem sentir o sabor do fumo. Meses depois comprei um cachimbo, fumo bom, muito gostoso, mas não me adaptei, senti-me ridículo e não tinha a manha de colocar o fumo no cachimbo de forma de conseguir uma queima boa.  Então parti para os charutos, e amei.  Todos sabem que tragar a fumaça do charuto não é coisa boa e é aí que mora o segredo, além é claro não fumar muito, porque mesmo assim, pode ser prejudicial à saúde.   Comecei com nacionais como Angelina e Dona Flor e fui de leve, até porque charuto é caro, não é como vc comprar um maço de cigarros com moedas.  Mais tarde, parti para os cubanos ou como os especialistas chamam, os habanos com Fonseca Delicias, que vinham enrolados em papel de seda. Amei estes charutos, sempre que podia tinha alguns no meu umidor.  Passei então para Cohiba e Montecristo, mas comprava poucos e fumava pouco também, dado o preço exorbitante destas delícias daquela ilha comuna, aliás aprendi a partir daí apreciar Alta Vista Social Club e suas belas músicas.  Charutos para mim são uma paixão, pena que no momento não os posso degustar dada minha crise pessoal financeira, agravada à crise que vive o país.  Acima, na primeira foto, um Fonseca Delicias embalado com o característico papel de seda e na imagem final, o último dos moicanos ops, charutos, um habano de baixo custo mas nem por isso ruim, aliás eu gosto sim e muito, para momentos mais descontraídos, o Guantanamera Cristales e também último de uma caixa de 50, uma “cigarrilha” Dona Flor.

IMG_20160905_165507165Estou agora voltando à vida e mais do que nunca, apaixonado por ela, e também ao mercado de trabalho e quem sabe poderei depois voltar a degustar alguns charutos, realmente uma das minhas paixões, não é segredo que passei muito mal quando minha amada companheira Maria Lúcia partiu para Deus, deixei de trabalhar, pensei algumas besteiras, mas agora curto, e muito, a minha própria companhia, só jamais, estou com a mente fervilhando de idéias.  Mas no momento preciso mesmo é trabalhar e ganhar dinheiro, quem sabe um trabalho remoto, vc aí, leitor, tem um trabalho remoto para mim?  Estou precisando e aceitando.

janelaaberta

BLOG JANELA ABERTA

O Blog Janela Aberta é gentilmente hospedado por Hostinger clique aqui para saber mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *